Descubra seis erros que você comete na hora de usar a chapinha


Saber manuseá-la do jeito certo vai te ajudar a conquistar o liso perfeito sem detonar o cabelo.

Você é viciada na chapinha? Calma, você não está sozinha nessa. Mas na hora de alisar o cabelo, certifique-se de evitar alguns erros bem comuns.

1. NÃO PROTEGER OS FIOS

Para garantir um cabelo hidratado e com aparência saudável, alguns cuidados essenciais devem ser tomados muito antes de colocar o fio em contato direto com prancha. Procure sempre pré-tratar o cabelo com um protetor térmico, que funciona como um escudo contra o calor. Caso contrário, você estará preparando as madeixas para sofrerem alguns danos futuros.

2. VOCÊ SELECIONA SEMPRE O NÍVEL MAIS ALTO DE CALOR NO APARELHO

Não é porque ela alcança 450°C que você deve usá-la na potência máxima. Para um cabelo liso e saudável, sempre que possível, permaneça na faixa dos 300°C.

Por outro lado, selecionar a menor intensidade também não é tão benéfico. Você danificará os fios por ter que passar várias vezes a chapinha em uma mesma mecha e ainda vai gastar muito mais tempo para conquistar o resultado desejado.

3. VOCÊ ALISA O CABELO MOLHADO

Viu um vapor ou ouvir um chiado? Pare imediatamente. O seu cabelo deve estar completamente seco antes de começar. Ou então ele não vai ficar liso e ainda por cima acumulará danos.

4. VOCÊ NÃO SEPARA MECHAS

Se a sua chapinha é estreita, vai ser impossível de alcançar todos os fios de uma só vez. Comece com quatro ou mais seções e foque em uma por vez. Só mude quando a anterior já estiver perfeitamente lisa. Mesmo que você esteja atrasada, paciência é a chave do sucesso.

5. VOCÊ NUNCA LIMPA O APARELHO

Depois de usos repetidos, você pode imaginar a quantidade de produto, óleo ou sujeira que ficou acumulada? Pois então, assim que ela estiver completamente fria, esfregue sobre as placas um pano úmido com água morna ou álcool. Use cotonetes para alcançar os menores orifícios.

6. VOCÊ IGNORA O ALTO POTENCIAL DA CHAPA

Entenda que a sua chapinha é, sim, um ferro. Daí o termo em inglês: flat iron (ferro plano). Portanto, se bem higienizada, ela pode ser usada para suavizar costuras enrugadas, golas irregulares e até mesmo fitas indisciplinadas. Mas, assim como com os ferros regulares, não mantenha o contato por muito tempo, para não correr o risco de queimar o tecido.

fonte: Revista Marie Claire





     Deixe seu comentário

Todos comentários são moderados, leia mais aqui. Se você quiser uma foto ao lado de seu comentário vá até o site gravatar e faça sua conta lá! Caso tenha dificuldades leia o tutorial: Como criar meu gravatar?.